sexta-feira, 11 de março de 2011

Querido ex

é estranho te beijar assim depois de tanto tempo...
alguma coisa se perdeu entre a gente,
se perdeu e não volta mais

quem sabe não tivéssemos esperado tanto, né?
tantos anos...

eu mudei tanto,
cresci,
amadureci,
sou uma outra mulher...

você também mudou
e,
apesar do outro você ter me feito sofrer muito,
não gosto de você estar diferente...
não gosto de não te conhecer...
não gosto de não termos assuntos em comum...

não sei se eu queria que fosse diferente
não sei o que eu esperava da gente

mas assim...
desse jeito,
nada ardente
nada envolvente...
assim não dá

o engraçado
é que não te vejo confortável,
assim como não fico confortável
por que,
então,
quer voltar?

acho que esse verbo nem cabe
aqui na nossa situação

é impossível voltar...
aquelas pessoas que namoraram
que se amaram tanto
não existem mais!
não somos mais nós!!!

quando conversamos,
ás vezes
vejo alguns flashs do namorado que você foi,
algumas caras e bocas conhecidas,
algumas respostas prontas que não me são estranhas..

nossos interesses nos dividem,
nossos corpos não se sentem mais atraídos como antes...
e, ainda assim,
você me diz "eu te amo"
e a única coisa que eu consigo responder
é "eu também"

não, eu não te amo!
não sei porque disse isso!
amo nossas lembranças,
amo sua pessoa,
sua família,
nosso passado,
o carinho que ficou...

mas não amo você,
não no sentido romântico!
e você também não me ama...
por que jogamos essas palavras ao vento?

parece que achamos que o outro merece ouvir
por tudo o que passamos e fomos

mas não, querido,
já foi, já passou...

você não percebe?
agora,
apesar de morarmos na mesma cidade,
estamos a milhas e milhas de distância!

Um comentário:

  1. Parabens!!! O Ze tb gostou! Qta sinceridade, qto voce. Bjks, Zélia

    ResponderExcluir